terça-feira, 2 de setembro de 2014

Museu de história Natural NY

No meu último dia com meu marido em NY nessa viagem (ele foi embora e a mulherada chegou para o tour das artes) tomamos café com um amigo dele que mora na cidade faz anos e fomos andando pelo Central Park até o Museu de História Natural. Vi que o lendário restaurante do CP Tavern on the Green estava prestes à reinaugurar, no momento desse post já deve estar em funcionamento há meses!
Vejam aqui todos os filmes em que o restaurante aparece.
Nossa, não ia lá fazia 19 anos! Meu marido que ama bichos que quis ir e achei boa ideia, só que tava bem cheio pois era final de semana...O Museu é bem legal, principalmente se você estiver com crianças, elas estavam por todas as partes e me pareceram bem animadas!
Depois do nosso passeio pelo museu, já estávamos com fome e comemos um hot-dog no carrinho parado bem em frente. Que delícia, não dá para ir para NY e não comer pelo menos 1 dog no carrinho! Alguém aí tem dicas dos melhores carrinhos?? Caiu como uma luva e depois voltamos andando para o hotel. Acho que ao todo a caminhada do dia deu uns 12km, tá bom pra quem tinha feito uma cirurgia no pé, né?





segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Restaurante Eleven Madison Park em NY

Nosso jantar da noite foi no renomado restaurante três-estrelas Eleven Madison Park. Fomos para lá empolgados, pois nos foi super recomendado. O restaurante é bem bonito, porém achei o salão um tanto frio e nem um pouco aconchegante.
Quando chegamos já era tarde, pois não havia disponibilidade para um horário mais cedo na época da reserva, que foi feita um mês antes da data, ou seja, quando abriram as reservas no Open Table. Não sei se isso também nos atrapalhou, mas posso dizer que nossa experiência nesse restaurante não foi das melhores.
Não estávamos na vibe de comer um menu degustação de hoooorasss, queríamos apenas comer bem, num tempo razoável e passar alguns momentos de descontração....
Acontece que nos anunciaram que seriam 14 pratos, mas seriam pequenos...Esse é o bode que tenho de menu degustação, pois mesmo pequenos os pratos acabam sendo demais e nunca são apenas os pratos descritos, o chef acaba mandando um "amuse-bouche", uma pré-sobremesa e uma pós-sobremesa a mais...
Aqui aconteceu tudo isso, mais a encenação que era a apresentação de cada prato....Uma histórinha de 5 a minutos de cada prato narrada pelo garçom (a e para cada prato vinha um garçom diferente). Posso dizer que não tirei fotos de todos os pratos, pois chegou uma hora eu cansei...E também chegou uma hora que não tinha mais fome e nem assunto...
O pior de tudo foi que não comi nada que me fizesse delirar...tantas chances para acertar e tanta criatividade, que acho que às vezes menos é mais e simples é muito mais!
Ahahaha, até a moça que tava servindo falou que a TORTURA já estava chegando ao fim....Ai ai sei que cheguei no hotel passando mal e não consegui dormir, acho que até entendi a sensação das pessoas com bulimia :P. Ah, e como não consegui comer tudo, levei os pretzels e chocolates para o hotel junto com dois vidrinhos de granola que foram presente do restaurante, que simpático, vai que eu queira fazer um lanchinho depois né??
Bom, eu não voltaria e se você deseja ter "A" experiência gastronômica em NY, eu indico mesmo o Le Bernardin do post anterior!















sexta-feira, 25 de julho de 2014

Restaurante Le Bernardin

Para quem gosta de peixes e frutos do mar o restaurante Le Bernardin é tiro certo, pode ir de olhos fechados. Maravilhoso! Lá pedimos 2 entradas, 1 prato e uma sobremesa cada. Me arrepia ouvir as palavras menu-degustação, mas aqui pode ir tranqüilo nos 4 pratos, pois as porções são pequenas e muito saborosas e o timing também é muito bom: per-fect! É um restaurante  refinado e pede paletó para os homens. A reserva também deve ser feita com antecedência, pois é bem concorrido. Tem três estrelas Michelin que deve ter ganho mesmo pelo talento, pois não é cheio de invenções como alguns outros três estrelas de NY. Com certeza esse aqui está entre os 3 melhores retaurantes de NY na minha opinião. Não perca! Veja alguns dos pratos que pedimos
Acima tartar de robalo, salada jicama e emulsão de manga e champagne
Acima: finas camadas de atum , foie gras, cebolinha, azeite extra virgem e torradas de baguete para acompanhar
polvo
king crab com creme de cogumelos

acima halibut
o arroz acompanha com folhas de ouro
e as sobremesas hmmmm mil folhas de chocolate
bolinho mousse de banana
e acima o quadro que decora o salão do artista Ran Ortner

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Sushi of Gari Upper East Side

Primeira coisa que fiz quando cheguei em Nova York após desarrumar as malas foi sair para jantar no Sushi of Gari. Hmmm que delícia!! Desde que comi no Sushi of Gari da 46th St. eu sonho com sushi de lá. Dessa vez reservei o balcão do Gari da 78th St. no Upper East Side, mais conceituado que as outras unidades pois tem uma estrela no Michelin. Bom posso dizer que não vi muita diferença entre esse e o da 46th, já meu marido preferiu a outra unidade... O jantar foi delicioso, mas recomendo pedir Omakase (seleção do sushiman com os melhores peixes do dia, uma sequência de sushis) só se tiver afim de comer muito, se não acho melhor pedir na mesa que sai um custo-benefício melhor, o Omakase sai bem caro.




quarta-feira, 23 de julho de 2014

St Ambroeus

Essa pequena unidade da Sant Amboreus é um Coffee Bar colado no Hotel Loews Regency, onde eu tomei café alguns dias. Como a minha programação em NY essa vez foi muito corrida, com horários fixos e tal, eu vim aqui alguns dias. Os sanduíches são uma delícia, o único problema é que não tem mesas...pois é achei mesmo um problema , pois odeio comer em pé, mesmo nos balcões, mas como era rapidinho ok. Já mostrei aqui a outra unidade do Sant Ambroeus mais charmosa que fica na Madison, é um lugar bem legal para almoçar também.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Hotel Loews Regency NY

Uma ótima opção de hospedagem em NY é o Lowes Regency Hotel localizado entre a 61st e a 62st e a Madison e Park Avenues. Menos de um quarteirão da Barney's e a 2 do Central Park. Estive lá em março e estava recém inaugurado pós reforma. Os quartos são muito espaçosos, coisa rara em NY e o serviço no geral é muito atencioso. Adorei ficar lá e vou cotar com certeza na minha próxima ida. Ao lado abriu uma pequena filial do restaurante/patisserie St Ambroeus, vou falar mais no próximo post.
Gostei de tudo no hotel, a única coisa que faltou foi um chuveiro separado da banheira, com box de vidro (para mim faz muita diferença!!). Mas no geral o hotel está aprovadíssimo: bem localizado, quarto grande, espaço para guardar tudo e novinho!!







segunda-feira, 21 de julho de 2014

Instagram

Siga o blog no Instagram, agora ele tem um exclusivo: @viagensdapaulete e fique sabendo das viagens em primeira mão! Curta também nossa página no Facebook.




quinta-feira, 17 de julho de 2014

Dicas de Hotéis em Miami



ATENÇÃO : POST ATUALIZADO!!

***Setai : já falei dele anteriormente aqui no blog. Para mim é uma das 3 melhores opções em South Beach, senão a melhor opção em Miami.
Fontainebleau : Seus quartos contam com desktops da Apple em cada quarto com internet free. O hotel é enorme e o lobby é muito agitado para minha opinião. O carro custa a chegar por conta do movimento, porém você pode telefonar antes do quarto e já pedir.
**W - Moderno, frente para o mar e conta com o restaurante chinês Mr. Chow e o The Dutch que eu já mostrei aqui e aqui no blog. Mostrei o W também nest post aqui. É uma opção bem legal, lobby animado e com muitas obras de arte contemporânea. Gosto muito da localização, pois fica perto de maioria dos restaurantes da lista aqui do blog.
Ritz - Bem perto da Lincoln, sua localização é ótima! Já a sua piscina não tem o mesmo glamour dos outros hotéis da rede, é muito lotada...
**Four Seasons - me hospedei lá da última vez que fui à Miami, veja o que achei. Tem muito bom custo benefício se considerar que é um belo hotel (assim como o Mandarin Oriental) só que ficam na parte financeira da cidade, ou seja, nada de praia...
**Mandarin Oriental - Sou mil vezes ficar na praia, mas é legal também, para quem vai trabalhar é ótimo. Seu restaurante Azul é muito bom, Fui lá uma vez com a minha mãe, comemos bem e fomos muito bem atendidas.
Delano - Uma das melhores obras de Phillip Starck, ainda é bem atual, e fica em um ótimo local em South Beach em frente ao mar com uma maravilhosa piscina, onde rolam festinhas, teve um Halloween lá, o pessoal com fantasias incríveis, imaginem um fortão vestido de He Man com uma peruquinha chanel loira - Miami style...se gostar de algo mais tranqüilo não fique aqui!
**Acqualina - Fica em Sunny Isles, bom para quem gosta de comprar no Aventura, pois é pertinho e é excelente opção.
Shore Club - Para quem gosta de se sentir na Miami Deco esse para mim é o mais característico. O restaurante Nobu de Miami fica aqui e não precisa de reservas, a não ser que a mesa para mais de 4 pessoas.
Mondrian - Projetado pelo arquiteto Marcel Wanders, seu estilo lembra alguns trabalhos de Phillip Starck. Love it or hate it.
Soho Beach House: Novidade em South Beach, é lá que fica o Cecconis (restaurante que mostrei aqui no blog). É descolado e cheio de gente bacana.
Viceroy - fica próximo ao Mandarin e ao centro financeiro. Décor bem atual e colorido feito pela top decoradora americana Kelly Wearstler. O hotel é bem grande com torres bem altas.
***Saint Regis Bal Harbour - novidade em Miami, categoria top do top, e bem próximo ao shopping mais chique da cidade. No momento é o mais bacana da cidade!
**One Bal Harbour - outra ótima opção próxima ao Bal Harbour.
Four Seasons Miami - excelente hotel para quem quer ficar na região da Brickell.
Grand Beach Surfside - ótimo custo benefício em frente ao mar.
Trump - idem acima

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Dicas de Restaurantes em Miami (post atualizado!)

Basta clicar no nome do restaurante para ler a resenha ou ver o site.

South Beach





Juvia 

Katsuya


The Bazaar at SLS Hotel NOVO POST NO BLOG

Cavalli NOVO POST NO BLOG

Milos 

Villa Azur 

Filial de Miami do Chef Nobu Matsuhisa que teve sua formação em sushibars em Tóquio e também trabalhou no Peru, Argentina, e ao redor do mundo para criar toda uma nova tendência na culinária japonesa. Fica dentro do Hotel Shore Club e é bem animado. Prove o Yellowtail com Jalapeno e o Black Cod com Miso.

Um dos mais tradicionais e antigos restaurantes de Miami. As especialidades são as patinhas de carangueijos e afins. A torta de limão também tem fama. Só abre de Outubro a Maio e não aceita reservas, é por ordem de chegada e tem que chegar cedo!

Italiano no Hotel Fontainebleau. Pratos como a polenta cremosa com trufas e cogumelos selvagens, costelinha de carne bovina assada, espaguete com tomate e manjericão. Seleção de vinhos. O ambiente envolvente conta com janelas de vidro do chão ao teto, oferecendo uma vista deslumbrante sobre o Oceano Atlântico.





É menos badalado que o Prime 112, mas a carne é tão boa quanto, se não for melhor.


Gastropub = (um pub com pratos para compartilhar estilo tapas gourmet) com inspirações asiáticas. Variedade de cervejas americanas, européias e asiáticas. Como a inspiração é asiática, serve também sakê. Bem descontraído.

Fica dentro do Hotel Mondrian que é projeto de Marcel Wanders, mas lembra o estilo de Philippe Starck: bem extravagante. Cozinha asiática com influências latinas.

Bianca
Fica num agradável terraço do Hotel Delano e serve comida italiana e diz parte do movimento "slow food", usa ingredientes orgânicos etc...e o Umi Sushi e Sakê Bar opção informal de comer sushis por um chef que já trabalhou no Makoto e no Zuma numa mesa comunitária.

Carnes. Moderno na Lincoln.

Mexicano informal na Lincoln.
1111 Lincoln Road ou Rosa Mexicano at Mary Brickell Village

Yardbird
Novidade oferece pratos típicos do sul dos Estados Unidos em um ambiente animado e informal. A sugestão é compartilhar os pratos. O chef de lá participou do programa Top Chefs.

Sardinia Enoteca
No Sardinia Enoteca uma grande variedade de vinhos são oferecidos. O principal benefício é a oportunidade de experimentar um vinho sem ter que comprar uma garrafa cheia.
Há poucas coisas mais frustrantes para um amante de vinho do que beber um grande vinho de um copo menor qualidade e fora da temperatura correta. Lá eles primam por isso e a qualidade do vinho é tão crucial como a  experiência de degustação. Despretensioso, esse italianinho gostoso não tem tantos turistas brasileiros. 

Bal Harbour / Sunny Isles / Aventura

Esse restaurante italiano é o preferido dos brasileiros para almoço no Shopping Bal Harbour. Se quiser mais sossego sente no francês logo ao lado: La Goulue ou no japonês Makoto.


Fica no recentemente inaugurado Hotel One Bal Harbour. Tem vista para o mar. Sua cozinha é americana contemporânea e oferece uma extensa lista de vinhos e cervejas. Tudo no Mister Collins é preparado lá mesmo, até mesmo o ketchup. As especialidades são o Mayor’s Steak Sandwich e o Pop’s Pork Chop.

Restaurante do chef Jean-Georges Vongerichten no The St. Regis Bal Harbour. Misto de cozinha francesa e asiática. Fomos muito bem atendidos e comemos muito bem, a noite tudo funciona aqui perfeitamente, diferente do café da manhã, super cheio e com os garçons meio atrapalhados.

Coral Gables

É um dos restaurantes mais cheios de Coral Gables. Opções que vão de sushi a sopas. Costuma ter espera longa, principalmente durante o final de semana e no almoço.

Francês do tradicional Hotel Biltmore. Aos domingos o brunch do Hotel é um bom programa também.

Eating House
Era para ser um restaurante temporário, mas tem feiro tanto sucesso que já deve ficar aberto sempre. O local é simples, mas os pratos são refinados e de dar água na boca.

Midtown / Downtown

Seasalt and Pepper
O restaurante do momento em Miami é um bistrô de frutos do mar (mas que também serve outras opções) localizado na margem do rio Miami. Tente reservar com antecedência pois anda muito concorrido! NOVO NO BLOG

Mandolin Aegean Bistro
Outro restaurante que está sendo bem falado, cozinha grega/turca com  ingredientes simples, peixes, carnes, azeite de oliva, ervas e legumes frescos, pães caseiros, queijos e iogurte. Comida camponesa traz receitas antigas que foram passadas para as gerações pelas avós. NOVO NO BLOG

Cipriani Downtown 

Michy’s
O preferido do Boni quando está em Miami, é realmente um dos mais atuais e criativos. Menus degustação sob comando da chef Michelle Bernstein.


Il Gabbiano NOVO POST NO BLOG

Lippi dos mesmos donos do Zuma esta casa é italiana. Um extenso cardápio com pratos para compartilhar. Fica no movimentado centro da Brickell. Carta de vinhos com 420 opções do mundo todo. NOVO NO BLOG

O chefe Joel Huff está no comando da Azul. Sua culinária diversificada é uma mistura de sabores europeus modernos com influências americanas e asiáticas. No centro do restaurante fica a cozinha em mármore branco e o bar é aberto. Tem janelas do chão ao teto com vista pata baía. Fica no Hotel Mandarin Oriental.
Quando fui com minha mãe estava bem cheio, mas fomos bem atendidas e comemos bem.

Misto de bistro tradicional francês com cozinha americana moderna sob comando do famoso chef Daniel Boulud. Ambiente bem contemporâneo com pé direito alto dentro do Hotel JW Marriott Marquis.


Naoe
Este pequeno restaurante japonês que fica na Brickell Key é muitíssimo exclusivo. Só tem 8 lugares. Menu degustação de 200 US$/cabeça é escolhido com 10 dias de antecedência; então se tiver alguma restrição tem que avisar 10 dias antes ou nem vá já que não acomodam alergias aos cogumelos, ovos, peixes, mariscos, arroz, crus, vinagres, álcool, sal, açúcar, legumes, ou glúten. Não aceitam crianças menores de 12 anos e pedem uma janela de 2 a 3 horas para seu jantar. Para quem leva sushi a sério. NOVO NO BLOG

Design District / Midtown

Pratos pequenos para compartilhar: tapas, robatas, sushis, rolls etc. Aposte também nos drinks.

Cozinha americana caseira e despretensiosa utilizando ingredientes locais. Área externa agradável.

Brasserie americana com obras assinadas pelos melhores grafiteiros do mundo como osgemeos, Kenny Scharf e Shepard Fairey. Um galpão cheio de pop art, sempre com filas. No menu entradinhas, omeletes, sanduíches e saladas.

Lanchinhos, chá da tarde, doces de patisseria e chocolates

Bom para refeições rápidas e lanches. Bolos bem gostosos e nada magros! Tem um bolo de chocolate que é o favorito da Oprah Winfrey.

Sandwiches com de croissant e baguete com recheio a escolher. Tem também saladas, smoothies e até um de açaí.

Pinocchio
Bruschettas, paninis, café e gelatos. É uma portinha, virando à esquerda na Ocean Dr. 
760 Ocean Dr com a 2nd St
T: 305 672 3535

Filial do Shake Shack do Madison Square Park em NY. Serve lanches como hambúrgueres, fritas, sorvetes etc. Foi inaugurado na Lincoln Road em 2010 e sempre tem filas.

Lembra um tipo de Eataly de NY, um mercado com queijos, pães, pratos prontos, sanduíches, bolos, doces, vinhos etc. Bom lugar para fazer suas compras se tiver numa casa, apto ou flat. Sunny Isles

terça-feira, 15 de julho de 2014

Pérez Art Museum Miami

Um programa imperdível para quem gosta de arte e está em Miami é visitar o PAMM, ou Pérez Art Museum Miami que é o novo de arte contemporânea da cidade.
O edifício é bem bonito e por ele já vale a visita. Eu tive a sorte de pegar uma expo do artista chinês Ai Wei Wei, cujos trabalhos eu gosto muito. Vou mostrar algumas fotos abaixo, espero que se empolguem em conhecer o museu.




 abaixo as obras que estavam sendo expostas do Ai Wei Wei. Vale conferir que expo vai estar rolando na data da viagem!

 abaixo as fases da lua, uma série de 81 caixas das quais 7 estavam expostas
 as casas feitas de chá
e as bikes que também relembram a cultura chinesa como o chá e também o trabalho de Marcel Duchamp
esses vasos ficaram famosos depois que um louco entrou lá e quebrou um, valem uma fortuna, são vasos muito antigos que o artista comprou e fez a intervenção.
  Descubra seu signo no horóscopo chinês: