segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Olé

Eu estava em Sevilha na semana da Feria de Abril, nesta semana são realizadas toradas com os melhores toureiros da Espanha, e até alguns membros da família real podem estar presentes na praça de touros. Fiquei meio na dúvida se queria assistir ou não (nunca tinha ido), mas já que estava lá resolvi ir.
Com o concierge do hotel consegui os ingressos num dos melhores lugares da praça, é muito importante pegar lugares à sombra, pois o sol é escaldante!!
Chegando lá comprei até almofadinha nas cores da Espanha, amarelo com vermelho, pois a arquibancada é dura e são horas sentado sem se mover.
Como total ignorante no assunto, pensei, vou assistir o primeiro touro (são seis ao todo dependendo do local, pois parece que em Portugal e no México é diferente), e se não gostar vou embora. Ledo engano, pois um vez sentado, é impossível sair, já que o joelho da pessoa de trás fica praticamente nas suas costas e o seu nas costas da pessoa de baixo...e a pessoa ao lado também está praticamente colada em você....
Eu também não sabia que vinha um cavaleiro com um cavalo vedado e espetava uma lança no touro... e que depois entravam outros toureiros para distrair o touro e que o toureiro tinha que espetar mais umas lancinhas no touro...e só então o toureiro fazia os olés e dava o golpe final, e que este sim tinha que ser certeiro para o touro cair de vez, enfim, fui vi e aprendi.
No começo fiquei mal, ao ver o touro caindo, que coisa mais violenta, meio bárbara..até que vi uma menininha de uns 6 anos na minha frente toda vestida com a roupinha flamenca vibrando...
Foi aí que entendi o que era tradição para os espanhóis, eles aprendem desde pequenos a admirar a tourada que não deixa de ser um espetáculo. Mesmo assim ainda achei bem cruel, me lembrou a galera vibrando com os gladiadores no Coliseu.
Não sei, mas acharia mais justo se fosse apenas o toureiro e sua espada e o touro com seus chifres.
Barcelona é uma cidade anti touradas...Mas eu acho que Sevilha e Madri são mais tradicionais mesmo....






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!