segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Royal Livingstone

Esse blog foi aberto em 2007 para postar a viagem pela África que eu estava programando. Comecei, escrevi um post mas acabei largando...Tempos depois foi ressuscitado e renasceu para blogosfera com Marrocos. Hoje, um ano e tanto depois da nova abertura, resolvi que não podia deixar os relatos de uma viagem tão bonita esquecidos...A parte da África do Sul já está no blogroll por conta da Copa do Mundo. Agora vou começar os outros lugares, que são bem mais inusitados, então bem vindos à Zâmbia!!!


mapas wikipedia

Saímos de SP rumo à Johannesburgo (África do Sul) onde pegamos uma conexão para Livingstone na Zâmbia, cidade às margens do Rio Zambezi e das cataratas Victoria. A cidade tem o nome de Livingstone graças ao explorador missionário escocês David Livingstone que foi o primeiro europeu a ver as cataratas. Foi ele quem as renomeou como Victoria Falls, pois antes chamavam-se "fumaça que troveja" no dialeto local. Até chegarmos ao hotel Royal Livingstone foram mais uns 20 minutos. O calor era fortíssimo....
Macacos: Eu só ia para o quarto nesse carrinho de golf, pois tinha medo dos macacos (tinha muitos, muitos mesmo pelo caminho)...Para abrir a porta do quarto eu olhava no olho mágico para ver se não tinha nenhum do lado de fora esperando abrir a porta...O pessoal do hotel ficava com uns estilingues para acertá-los caso viessem importunar algum hóspede. Na hora do café da manhã, teve um que veio rapidinho e derrubou o açucareiro de uma mesa pra pegar um pacotinho e saiu correndo, super malandro! Tem um hotel interligado ao Royal Livingstone, o Zambezi Sun, do mesmo grupo que é uma ótima opção mais em conta, mais para famílias, mais informal. Um dia eu estava indo até lá pelo jardim, quando avistei um babuíno grandão...morri de medo...Graças à Deus logo apareceu um funcionário do hotel que o afugentou, ufaaa...

À tarde o programa era tomar um chá gelado (pois fazia um calorão) e ficar vendo o pôr-do-sol no lounge à margem do Rio Zambezi. Era só prestar atenção que dava para ver uns hipopótamos levantando a cabecinha no rio. Nos jardins ficavam umas zebrinhas andando.

Essa cerca elétrica era para evitar que animais maiores como hipopótamos por exemplo entrassem no hotel.



lá na frente a fumacinha da Victoria Falls, a fumaça que troveja...

No próximo post vou dar umas dicas da programação em Livingstone. Confiram!!

6 comentários:

  1. Psrsbrns prls visgrem!!

    Ernesto

    ResponderExcluir
  2. Oii Paula!
    você foi em qual época do ano pra lá??? vou fazer essa mesma viagem que vc (Zâmbia, Africa do Sul ...) em fevereiro do ano que vem (inclusive vou ficar nesse mesmo hotel na Zâmbia) e não consigo achar informações boas sobre o clima nessa época, quais roupas levar etc...
    Descobri o blog recentemente e achei o máximo ter dicas desses países africanos, já que não as encontro em blog nenhum! rs
    bjoss

    Ana

    ResponderExcluir
  3. Eu fui em Outubro e na Zambia fez um calorão. Na África do Sul fazia bastante frio pela manhã e depois esquentava e a noite esfriava bem novamente. Faça o estilo "cebola" e use várias camadas. Leve roupas com cores neutras para não chamar muito a atenção no safari. Verde militar/bege/marrom são ideais. Um tênis ou botinha tipo Timberland vai bem pque tem muita grama/mato/barro. Verifique o peso permitido da mala no vôo para o safari, lembro que era bem pouco. Boa viagem!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Paula!!!! Vou fazer isso das camadas então, e obrigada pela dica das cores...nem tinha pensado que cores chamativas nao são recomendáveis para fazer safári!

    =)

    Ana

    ResponderExcluir
  5. Aproveite a viagem, vai ser o máááximo!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!