quarta-feira, 6 de julho de 2011

Monastérios de Suso e Yuso

São dois monstérios muito próximos, na vila de San Millán de la Cogolla. O Monastério de Suso fica acima do morro e foi o primeiro dos dois a ser construído, fundado por São Millán no século V. Sua arquitetura  é predominantemente mozárabe com alguns elementos de outros estilos. Em 1053 los restos de São Millán foram levados para o Monastério de Yuso. O rei García IV de Navarra mandou levar a arca  com os restos mortais para a Nájera. Conta a lenda que os bois que puxavam a carroça com a arca empacaram, então achou-se que o santo desejava permanecer ali e por isso foi construído um novo monastério no local.
mapa acima retirado do site dos Monastérios cujo link está no final da postagem.
Acima e abaixo a vista do Monastério de Suso no alto do morro. Dá vista direta para o Monastério de Yuso abaixo.
Aqui já vemos o Monastério de Yso que fica num lugar lindo. Foram descobertas aqui as primeiras palavras escritas na língua espanhola, as Glosas Emilianenses.








Essas pinturas abaixo me disseram que não foram restauradas e se mantem intactas graças ao piso de alabastro que mantem a temperatura uniforme. Imaginem que antes das invasões napoleônicas havia ainda mais riqueza....

Abaixo na biblioteca alguns códices ultra antigos e os livros de canto chamados de Cantorais. Os Cantorais eram livros  de música de tamanho bem grande utilizados em igrejas e catedrais durante a Idade Média e o Renacimento. O tamanho do pergaminho era suficientemente grande como para que o coro completo pudesse ler à distancia

Para saber mais e ver mais fotos dos monatérios de Suso e Yuso entrem no link.
Para ampliar as imagens abaixo, basta clicar:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!