quinta-feira, 14 de junho de 2012

Até que enfim cheguei ao Inhotim!

Até que enfim cheguei ao Inhotim!! Depois de tanto tempo querendo conhecer, lendo, ouvindo falar, cheguei  aos jardins paradisíacos do Inhotim. Depois de ler tanto sobre lá, achei que não tinha muita novidade para contar, então anexei o texto do Boni, que achei bárbaro e define muito bem o lugar para os que não conhecem, ou nunca ouviram falar - sim muita gente nunca ouviu falar. Se você é uma destas pessoas aproveite os próximos posts onde vou colocar algumas dicas mais práticas do Inhotim e muitas+muitas imagens lindas! Se você conhece e já foi aproveite para relembrar e reviver. Enjoy!

"O MUNDO MÁGICO DE INHOTIM 
Inhotim é o maior jardim botânico do Brasil e também o maior museu a céu aberto da América Latina. Fica em Brumadinho, a 60km de Belo Horizonte. É um tributo a arte contemporânea concebido pelo empresário e colecionador Bernardo Paz. Pelo jardim de quase 500 mil metros quadrados, criado sob a orientação de Burle Max, amigo de Bernardo, sucedem-se magníficas galerias construídas cada uma para um artista, mescladas com obras fantásticas expostas ao ar livre. O gigantismo da obra não tem, no entanto, qualquer resquício de ostentação. Ao contrário. O bom gosto impera na arquitetura de cada uma dessas construções que se integram harmoniozamente a paisagem, resultando em um conjunto tranquilo e altamente sofisticado. Eu recomendo a todos uma visita a Inhotim. Um projeto inacreditável que, no campo das artes plásticas, projeta o Brasil no exterior. Todas as 450 obras expostas são de vanguarda, mesmo aquelas concebidas décadas atrás como as salas de Hélio Oiticica e Neville D’Almeida. Tempo e espaço se misturam, flutuando nos lagos de Inhotim. O prédio da Galeria de Adriana Varejão, ex mulher de Bernardo Paz, é uma lição de arquitetura e inova como área de exposição. O acervo inclui brasileiros como Vik Muniz, Tunga, Cildo Meirelles, Hélio Oiticica e Adriana Varejão e expoentes internacionais da arte contemporânea. As exposições permanentes e as temporárias são absolutamente fantásticas.Tudo é novo em Inhotim. E nada é pesado. A alma fica mais leve a cada visita a uma das galerias. Espetáculos de música clássica, ao vivo, fecham o tripé artes plásticas-jardins-som. Concertos de Orquestras e Grupos Internacionais estão em pauta. Inhotim é coisa de louco. E , como diz o próprio Bernardo, só os loucos tem razão. Bernardo é um louco racional apaixonado pela arte. Herdou da família uma vasta coleção de obras e as vendeu , deixando de lado o passado para construir um legado para o futuro. É uma figura excêntrica que está indo para o sexto casamento. Haja coragem! O mais novo sonho de Bernardo Paz é a construção de hotéis no magnífico território de Inhotim, permitindo a multiplicação de visitantes iniciantes a conhecedores internacionais das artes. Uma aula, em especial para as crianças, podendo nesse sentido ser considerado uma escola cultural. Não quero entrar na polêmica que cerca o projeto, ligando-o a eventos políticos e interesses imobiliários. Meu foco é outro. É reverenciar a ousadia e o bom gosto de Inhotim. Parabéns Bernardo. " - texto retirado do bloglog escrito pelo Boni.
















4 comentários:

  1. Oi Paula,
    Que máximo! Sou louca para conhecer Inhotim! Vou me deliciar com seus posts!
    Sempre que vou ao Brasil penso em passar alguns dias lá mas nunca dá certo. Depois posta os detalhes de quantos dias pra ver tudo, hotel, transporte de BH, etc. Assim me programo melhor pra próxima vez!
    Beijo,
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, no final vou fazer um post com todo esquema, inclusive indicações de motoristas e afins!!

      Excluir
  2. Parabéns pelo post... Aguardarei tuas dicas , abraço, Ana Cristina

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!