sexta-feira, 6 de julho de 2012

Dicas Inhotim


foto acima da cidade de Brumadinho

Respondendo a pedidos de leitores do blog aqui vai um resumo rápido de como chegar ao Inhotim, onde se hospedar, comer etc...

Inhotim fica em Brumadinho a 60km de Belo Horizonte.
Eu preferi ficar em BH, pois o Inhotim fecha cedo: (terças, quartas, quintas e sextas-feiras, das 9h30 às 16h30 (última entrada às 16h00), e aos sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 17h30 (última entrada às 17h00) e não tem mais nada pra fazer em Brumadinho....Você pode até ficar numa pousadinha lá perto, mas acho que será meio entediante...
Quando o hotel de Bernardo Paz ficar pronto aí sim acho que vai ser gostoso ficar em Brumadinho...Vi uma perspectiva artística do projeto e achei bem legal.
Em um dia não dá para ver tudo com calma, a não ser que você chegue cedo e não almoce...e ainda assim será meio corrido, mas se tiver apenas um dia, não deixe de ir!!
Uma dica boa é comprar o ingresso pela internet e evitar a fila da entrada, ainda mais se for final de semana que é mais cheio. Outra é comprar o ingresso mais caro, com o carrinho de golf, pois alguns pavilhões são bem distantes e com declive..fora que tem que andar muiiiitoooo!
Eu olhei a previsão do tempo que dizia máxima de 18 graus e chuva, porém fez um dia lindo com um sol escaldante...quase morri de calor (juro mesmo!), pois fui de calça jeans ao invés de shorts ou saia.... Por conta do calorão também, não ficamos até fechar, pois estávamos exaustos!
Vá com um sapato/tênis bem confortável e fechado. Nada de sandálias, pois tem uma obra do Cildo Meirelles que é toda com cacos de vidro e eles não deixam ninguém entrar com sapato aberto (nem você vai querer!)

Em BH me disseram para ficar no Mercure Lourdes - mostrei aqui no blog, e foi isso que fiz. O hotel é bem ok, acho que BH tá merecendo um hotel melhor...Digo isso por conta do quarto mesmo (executivo e sem nenhum charme), pois o café da manhã era muito bom, com muito pão de queijo e outras delícias mineiras.
A localização era boa, bem próxima aos restaurantes que me indicaram para ir a noite.
Além do Taste Vin, que mostrei aqui, e no A Favorita que gostei mais, também tinha as seguintes indicações:

O Dádiva
Kei - japonês
Marília - pizza
68 - pizza
D´Artagnan Bistrô
Xapuri - comida mineira tradicional
Graciliano
Café do Museu
O pessoal em BH é chegado num bar, você vai ver vários, principalmente no bairro Sion na Rua Pium-i

E o Pingüin, famoso bar de Ribeirão Preto, tem uma filial aqui. Vai um chopp? 
                                                                                           foto retirada do Facebook do Pinguin

Alugamos um carro no aeroporto e fizemos tudo com ele e nosso amigo GPS. Andamos por BH, fomos ao Inhotim e foi tudo tranqüilo. Só que do aeroporto de Confins até o bairro de Lourdes é uma hora de viagem (trânsito na entrada da cidade). O aeroporto da Pampulha é mais central, só que os vôos para lá são caríssimos.
Para quem preferir cotei com umas empresas uns motoristas, segue:

Mercure/Inhotim R$330,00 Carro Sedan de luxo.  
https://www.facebook.com/pages/Transcar-Transportation/269095193129947 
(31)9327-0810 Marcos Souza. - me passaram o telefone dele na recepção do Hotel.

Transfer ida e volta para Inhotim (2 pessoas) saindo/voltando do Mercure Lourdes. Saída: 09:00h Retorno: 17:00h Obs.: permanência no museu: 5 horas aprox. Hora extra: R$ 20,00. - Veículo Carro Executivo: Modelo corola e vectra, novos, com manutenção, revisados, motorista treinados e uniformizados, seguro de passageiros e com licença para transporte interestadual e intermunicipal, com capacidade até 4 pessoas com uma bagagem pequena cada. Valor: *R$ 120,00 (por pessoa).  
Clarissa.
Já que está em BH, aproveita para visitar a Igreja da Pampulha (projeto do Niemeyer)

Leia também
O melhor passeio que você ainda não fez” post do Ricardo Freire sobre Inhotim no Viaje na Viagem


5 comentários:

  1. Adorei estas dicas! Tentarei ir qdo eu estiver no Brasil.
    Btw, reservei o hotel Grande Bretagne em Athenas na semana que vem, li aqui sua dica!
    Obrigada,
    Fernanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O GB é mto bem localizado, na rua de trás estão as melhores lojas. Aproveite!!

      Excluir
  2. Quando eu fui lá pra Brumadinho, fiquei na Pousada das Brumas (http://www.locamob.com.br/pousada-das-brumas/details) e gostei bastante... Na verdade, a cidade inteira me surpreendeu: achei que estava indo pra um meio do mato infinito, mas na verdade a cidade e até que bem grandinha. Belo post!

    ResponderExcluir
  3. Inhotim está localizado em uma cidade cheia de atrações e cultura! Quem vier a Brumadinho para visitar o museu, vale a pena conhecer também as comunidades quilombolas da Sapé, Marinhos e Rodrigues… Conhecer as cachoeiras, os alambiques de cachaça e as plantações de mexerica (forte da região).

    E para quem procura um meio de hospedagem alternativo, temos um sítio que alugamos para turmas ou hospedes avulsos (no estilo albergue ou com com cafe e jantar incluso).

    Estamos em uma zona rural a 30km de Inhotim, mas para quem nos visita oferecemos uma experiência tipicamente mineira, com café da manhã feito dos produtos da região, apito de trem e as belas montanhas de Minas!

    Para conhecer: http://www.sitioafranopolis.com.br
    ou acesse nosso facebook
    http://www.facebook.com/sitioafranopolis.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  4. A Transcar que leva para Inhotim tem o site www.transcarbh.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!