domingo, 7 de outubro de 2012

Hellesylt - Geiranger parte 2

A segunda parte do nosso passeio de Hellesylt até Geiranger foi depois do almoço no Hotel Viderseter. Fomos até Stryn, uma estação de esqui que só abre no verão (maio à agosto). Imaginem só esquiar com uma temperatura de cerca de 20 graus?? Delícia!! No inverno ela fica fechada, pois a estrada fica coberta de neve e ninguém consegue chegar aqui. 



De lá passamos no topo do fiorde a parte mais linda, toda cheia de neve, a esta altura derretendo e formando riachos que depois vemos lá na base dos fiordes como as cachoeiras.





Aqui já chegamos no local onde os noruegueses tem seus chalés. Um ideal  norueguês é ter um chalé e um barco.

Mais um hotel

Agora vamos para o ponto mais alto


Vejam a estrada láááá em baixo...
E aqui no ponto mais alto..que vista linda...e nosso navio pequenininho lá na base...




Estas pilhas de pedras são famosas na Noruega, para eles ao empilhar uma pedra sobre outra pedra, uma bênção é dada, a sorte é acumulada. Eu fiz a minha pilha!




Geiranger é um pequeno vilarejo turístico em Sunnmøre no município de Stranda na parte ocidental da Noruega. Encontra-se na cabeça do Geirangerfjord, que é um ramo da Storfjord. A cidade mais próxima é Ålesund. Geiranger é o lar de algumas das paisagens mais espectaculares do mundo, e foi nomeado o melhor destino de viagem na Escandinávia pelo Lonely Planet. Desde 2005, o Geirangerfjord foi listado como Patrimônio Mundial pela UNESCO.
Este porto de navios de cruzeiro recebe cerca de 140-180 navios durante a temporada de verão que dura quatro meses. Centenas de milhares de pessoas passam por aqui todos os verões e turismo é o principal negócio para as 250 pessoas que aqui vivem permanentemente. Há cinco hotéis e mais de 10 campings. A temporada vai de maio a início de setembro. Passeios nas fazendas próximas são dos programas mais procurados.
Cada ano, em junho, ocorre uma corrida de meia maratona e uma corrida de bicicletas,  a partir do nível do mar no fiorde e terminando nos 1.497 metros no cume do Monte Dalsnibba. Uma vez que há ainda muita neve nas montanhas nessa época do ano, a corrida também pode ser chamada de "do verão para o inverno".
Geiranger está sob ameaça constante da montanha Åkerneset como Hellesylt. Um colapso poderia causar um tsunami que poderia destruir Geiranger. A vista daqui é do platô de Dalsnibba. Não deixe de ver este link!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!