quinta-feira, 21 de março de 2013

Ta Prohm

Ao contrário da maioria dos templos de Angkor, Ta Prohm foi em grande parte "devorado" pelas garras da selva viva. Com a interação dinâmica entre natureza e a arte feita pelo homem, este templo é um dos favoritos para muitos - e é bem cheio - que pode atrapalhar a visita,  um pouco disso é por causa do filme  Lara Croft (que foi filmado aqui).
A construção de Ta Prohm começou em 1186 AD. Originalmente conhecido como Rajavihara (Mosteiro do Rei), foi um templo budista dedicado à mãe do rei Jayavarman VII. 
Inscrições raras fornecem estatísticas sobre trabalhadores do templo, coisa de de 80 mil trabalhadores, incluindo 2.700 funcionários e 615 bailarinos, ainda são impressionantes. Infelizmente, o templo foi saqueado e muitos de seus relicários de pedra antigos foram perdidos. Algumas árvores  de tão grandes causam um efeito é surpreendente, como a "árvore Tomb Raider" no santuário central, onde Angelina Jolie pegou uma flor de jasmim e foi sugada para debaixo da terra. 
Ta Prohm está em ruínas, mas ainda podemos explorar numerosas torres, pátios estreitos e corredores estreitos, descobrir tesouros escondidos de relevos em pedra sob a folhagem invasora. Muitos dos corredores são intransitáveis, graças às pilhas desordenadas de blocos de pedra esculpida que entopem seus interiores.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui que o mais breve possível eu responderei com prazer!